12 agosto 2008
  As mulheres de Lesbos
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 13/07/2008

por Vange Leonel

Tudo começou há uns cem anos, quando o psiquiatra Krafft-Ebing nomeou a relação homossexual entre mulheres de "amor lesbicus" em seus escritos sobre sexologia. O termo era uma óbvia referência à poeta lírica Safo, a mais célebre habitante da ilha grega de Lesbos, conhecida pelas canções de amor sensuais dedicadas às suas amantes. Tão influente a moça, inspirou de Platão (que a batizou de "a décima musa") a Baudelaire ("Safo viril, que foi amante e poeta").

Assim, baseada na famosa inclinação homoerótica da poeta, a palavra "lésbica" é usada desde o final do século 19 como sinônimo de mulher homossexual.

Incomodados com o seqüestro do termo para uso que julgam ofensivo, três cidadãos de Lesbos acionaram recentemente a Justiça grega pedindo a proibição da palavra "lésbica" para definir mulheres homossexuais. Alegam constrangimento quando suas filhas e irmãs têm que explicar que são lésbicas porque nasceram em Lesbos e não porque fazem sexo com mulheres. "As homossexuais têm todo o direito de se denominarem como quiserem, mas não podem roubar nossa identidade regional", dizem eles.

O prefeito de Lesbos diz que não apóia a ação dos seus conterrâneos. Não por acaso, as homossexuais representam fatia importante do turismo local, graças ao culto à ancestral Safo.

O importante é notar quanto preconceito pode existir por trás de ações que pretendem defender "a família" ou "a identidade nacional".

© Folha de S.Paulo


OBS: uma semana após este texto ser publicado, a justiça grega decidiu que o termo "lésbica" é universal e pode ser usado por mulheres homossexuais. Os 3 cidadãos gregos perderam a ação.

Marcadores:

 
Comments:
Bem, eu havia visto esta notícia a um tempinho, e, tztztzt, achei mt engraçada.... é engraçado, e, claro, existe sim o preconceito... mas q dá pra deitar de rir dá... ah, outra, tem termo mais lindo do que Lésbica... é completo, é um significante completo... talvez só a palavra impersrutável seja mais significante q lésbica... ok... tô viajando. Bjs. Anatólia.
 
Olá Vange, esse texto foi muito bom, eu li quando comprei o jornal. Gostei muito.
 
Postar um comentário



<< Home

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger