19 abril 2007
  Os novos mutantes
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 08/04/2007

por Vange Leonel


Recentemente, o dono de uma mercearia no Paraná se suicidou com um tiro de revólver, aos 65 anos. A notícia chamou a atenção não pelo suicídio, mas pela revelação, após a autópsia, de que ele trazia marcas de uma cirurgia para retirada dos seios e um pênis de borracha acoplado aos genitais. Ele era mulher. Ou, para ser exata, um homem transexual.

Mulheres transexuais são bem conhecidas. Celebridades como Roberta Close ou as anônimas que brincam o Carnaval são bastante expostas na mídia. Mas homens transexuais não são muito notados.

Como o suicida do Paraná, que passou a vida como um homem qualquer, sem que ninguém desconfiasse, muitos homens trans preferem esconder sua origem biológica feminina. Os que assumem sua transexualidade enfrentam preconceito e hostilidade. No entanto, mostrar-se é fundamental para combater o preconceito.

Nos Estados Unidos, homens trans começam a expor seus corpos, sem vergonha de assumir sua dupla natureza. Loren Cameron, fotógrafo, faz exposições e publica livros retratando transexuais e seus processos de transição (inclusive o próprio). Buck Angel é produtor de filmes pornográficos onde atua como protagonista, exibindo seu corpo másculo e seus genitais femininos.

Buck e Loren reapresentam ao mundo o corpo transexual há muito tempo esquecido em nossa cultura. Afinal, não custa lembrar, nossos antepassados adoravam deuses hermafroditas.

© Folha de S.Paulo




© Buck Angel



Marcadores:

 
15 abril 2007
  Armário de Vidro
Há quase uma década, quando colaborava para a extinta revista gay Sui Generis, escrevi uma coluna chamada “Armário com porta de vidro” (esta e outras colunas da revista estão reunidas no livro “Grrrls – Garotas Iradas”, à venda nas livrarias). Usei a imagem do armário com porta de vidro para me referir àquelas celebridades que todo mundo sabe que são homossexuais, mas que nunca saem de fato do armário. São aqueles artistas que seduzem e flertam com o público GLBT, deixam correr os boatos sobre sua sexualidade e até se declaram simpatizantes, mas sempre deixam um pezinho do lado de dentro enquanto o outro se aventura discretamente fora do armário...

[quer ler a continuação deste texto? está lá na minha coluna do Mix Brasil]
 
05 abril 2007
  Fruta Pisada
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 25/03/2007

por Vange Leonel


Quando cantou pela primeira vez a canção "Strange Fruit", Billie Holiday estranhou o silêncio da platéia. Achou que não havia agradado. Mas logo alguém se levantou, bateu palmas freneticamente e puxou o aplauso de todo o público.

"Strange Fruit" foi composta por um professor judeu que lecionava num bairro negro. Horrorizado, após ver uma foto com negros linchados e pendurados como frutos numa árvore, decidiu escrever uma canção de protesto. Mortos por brancos racistas e deixados ao relento para que os corvos os devorassem, aqueles negros eram os "estranhos frutos" da canção.

O racismo, em especial no Sul dos Estados Unidos, era crônico. Por muito tempo, a organização racista denominada Ku Klux Klan praticou atos de violência contra negros. Defensores da supremacia branca, eles se escondiam atrás de alvas túnicas e capuzes pontudos para linchar, espancar e matar.

Depois da conquista de direitos civis pela população negra, essas organizações foram perdendo espaço. Mesmo assim, racistas continuam a existir acreditando que negros e brancos não devem viver juntos.

Há poucas semanas, um gangue vestindo roupas pretas e coturnos atacou um professor universitário gay que circulava pacificamente por um bairro nobre em São Paulo. Ele foi espancado, chutado e teve os dentes arrancados.

Não foi pendurado em nenhuma árvore. Foi deixado no asfalto como fruta pisada.

© Folha de S.Paulo

Marcadores:

 

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger