27 outubro 2008
  Memórias de uma Mulher Macaca - Capítulo 18
"... Até aquele momento a paixão era uma coisa doída e sexo, feito às escondidas. Mas então comecei a notar indícios de outro tipo de amor na maneira como a tratadora dos sagüis me tratava. No início, achei que ela tinha pena de mim quando perguntava se eu estava bem e se podia fazer algo por mim. Entretanto, à medida que minha auto-estima adquiria maior robustez, fui percebendo que seu interesse em mim era genuíno e fruto de uma afeição verdadeira..." (continua)

lá no Mix Brasil, mais um capítulo da minha web-novel.
 
10 outubro 2008
  Memórias de uma Mulher Macaca - capítulo 17
"Em pouco tempo percebi que poderia aprender quase tudo sobre os bonobos observando seu comportamento no momento em que a comida era introduzida no cercado. Ao contrário do grupo dos chimpanzés, onde o macho alfa monopolizava o alimento, entre os bonobos havia uma divisão bastante equânime. Não que os conflitos deixassem de existir, mas os gentis bonobos resolviam suas pendengas sem apelar para a agressão física. E a maneira de negociar a comida era tão simples quanto surpreendente: eles simplesmente faziam sexo para pacificar os ânimos!" (continua)

no MixBrasil, segue a saga da Mulher Macaca.


 
03 outubro 2008
  O show de Ellen
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 21/09/2008

por Vange Leonel


Ela foi uma das primeiras celebridades a assumir sua homossexualidade para o grande público, há pouco mais de uma década. Não satisfeita, tirou do armário a personagem homônima que interpretava num seriado de TV num arroubo de ineditismo e coragem. Comediante prestigiada, querida por fãs e colegas, foi apresentadora do Oscar em 2008.

Recentemente, foi indicada uma das cem pessoas mais influentes do mundo pela "Time". Há cinco anos, comanda um talk-show recordista de prêmios Emmy que estreou há poucos meses no Brasil: o "The Ellen DeGeneres Show" (de segunda a sexta, às 17h, no canal a cabo Warner).

Em seu programa, Ellen DeGeneres já fez o candidato a presidente Barack Obama dançar, quebrou uma garrafa cenográfica na cabeça de Sandra Bullock e disse poucas e boas para o candidato John McCain, contrário ao casamento gay (esses momentos e muitos outros podem ser vistos no YouTube).

No dia seguinte à decisão da Corte da Califórnia de suspender a proibição ao casamento gay, Ellen anunciou em rede nacional que iria se casar com sua namorada, a atriz Portia de Rossi.

O casório aconteceu há algumas semanas numa cerimônia privada com poucos convidados. Ellen desabafou: "Um dia as pessoas irão olhar para trás e ver que [o veto ao casamento gay] é como a proibição do voto às mulheres e a segregação racial e que é simplesmente ridículo não termos todos os mesmos direitos".

© Folha de S.Paulo

Marcadores:

 
  As lentes da biologia
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 07/09/2008

por Vange Leonel


O comportamento humano tem sido analisado à exaustão por meio das lentes da biologia. A psicologia evolucionista afirma, por exemplo, que mulheres são, em média, instintivamente menos promíscuas se comparadas aos homens. Justificativas biológicas para o comportamento humano geram tanto paixão quanto controvérsia. Se por um lado seus defensores pecam pela simplificação, os detratores parecem não compreender a dinâmica e as limitações da tal "influência biológica".

Somos governados por instintos ou somos construções culturais? Seria uma boa pergunta se a dicotomia não fosse falsa como uma nota de três reais. Esses fatores não são excludentes, e isso só aumenta a obrigação de explicar o comportamento humano como fruto de forças complexas. Mas por que falar disso aqui? Porque a explicação para o comportamento homossexual sempre esteve no fogo cruzado entre justificativas biológicas e culturais. Sou lésbica porque nasci deste jeito ou porque as experiências pelas quais passei me fizeram assim?

Nada é tão simples. O filósofo Daniel Dennet resumiu em "A Perigosa Idéia de Darwin": "Enquanto os animais são rigidamente controlados pela sua biologia, o comportamento humano é em grande parte determinado pela cultura, um sistema autônomo de símbolos e valores, originando-se de uma base biológica, mas afastando-se indefinidamente dela". Pois é, o futuro é dos ciborgues.


© Folha de S.Paulo

Marcadores:

 

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger