18 dezembro 2006
  Tarda, mas não falha
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 10/12/2006

por Vange Leonel


Enquanto o Legislativo brasileiro se omite sobre a união entre pessoas do mesmo sexo, o Judiciário arregaça as mangas e trabalha no vácuo deixado pelo Congresso. Nos últimos anos, uma série de decisões judiciais vem garantindo direitos e deveres a casais homossexuais, abrindo novas jurisprudências.

Recentemente, uma decisão judicial permitiu a um casal de homens gays registrar na certidão de nascimento da filha os nomes de ambos como pais adotivos. Até então, a adoção era concedida ao indivíduo homossexual e não ao casal. A diferença pode parecer sutil, mas não é. O reconhecimento de um casal homossexual como entidade familiar pode arruinar, ao menos juridicamente, os argumentos contrários ao "casamento gay".

Assim, cada vez mais, a Justiça concede pensões a viúvos gays e viúvas lésbicas pela morte de seus companheiros, permite que um homossexual casado inclua o parceiro como dependente em seu plano de saúde e garante visto de permanência a cônjuges estrangeiros.

Mas, para assegurar esses direitos, é preciso que o casal comprove sua união estável. No intuito de agilizar esses processos, o Ministério Público Federal, há poucos meses, autorizou os tabeliães do Estado de São Paulo a registrar documentos referentes à união civil entre pessoas do mesmo sexo. Os cães da intolerância podem até latir, mas a caravana do bom senso segue seu caminho.

© Folha de S.Paulo

 
Comments:
E ainda não entendo a tv brasileira... Pessoas como vc, Vange, deveria ter mais espaço!
Deprimente assistir indivíduos que tentam falar algo sobre homossexualismo, as pérolas rolam soltas e o objetivo nunca é alcançado. Os tais "comunicadores" injetam grandes doses de imbecilidade no inconsciente coletivo a fim de conseguir o sonhado sucesso de audiência. Dilvugação barata de celebridades de 5º

NADA PESSOAL
(juro!)

Adoro seu trabalho
(mesmo!)

Beijo!
 
De pouquinho em pouquinho as coisas vão mudando...

Só espero que algum dia haja a mudança concreta. Às vezes acho que essa é uma posição muito cômoda para os legisladores: eles não se expõem votando leis pró-gays, e os gays continuam comendo pelas beiradas.
 
Concordo com o que Orquidea falou...Espero está viva pra ver igualdade social pra todos os cidadaos...independente de sexo,raça,opçao sexual...bjao e que bom que atualizou!
 
ADORO SUA COLUNA E AGORA DESCOBRI SEU BLOG, LINKEI VC PARA PODER VIR SEMPRE VISITA-LA.
REALMENTE ACREDITO QUE UM DIA MUDA,MAS NÃO PODEMOS DESANIMAR!UM BEIJO FELIZ NATAL E UM ANO CHEIO DE COISAS BOAS PRA TODAS NÓS!
 
Carlas, vcs são a mesma pessoa ou duas carlas diferentes?

Carla (1) obrigada pela confiança em mim depositada. Concordo contigo, há muita bobagem sobre homossexualidade, principalmente a TV aberta. Mas de vez em quando surge uma voz iluminada, como a da minha amiga Elisa Gargiulo, que foi há algumas semanas naquele programa de quinta categoria, o Superpop, e mandou muito bem. beijos!

Orquidea, mayara, os legisladores (pelo menos a grande maioria deles) estão dando um show de descaso e despeito (e ainda pretendem duplicar o próprio salário!). Mas são representantes do povo, né? Torço por mais educação, mais condições de voto crítico por parte dos eleitores, para que a face do Congresso mude. beijos nas duas!

Carla (2), que bom que descobriu o meu blog. Apareça sempre! Concordo, não podemos desanimar. A propósito, o novo post de hoje ("Luzinhas no fim do túnel", aí em cima) tem a ver com esperança. beijos!
 
Fiz a minha monografia sobre isso, descobri decisões muito interessantes, especialmente no Estado do Rio Grande do Sul, penso em falar sobre esse assunto no mestrado também. O Judiciário caminha anos luz na frente do Legislativo e não é de agora.
Linkei você no meu blog!
Leio sempre Bolachas Ilustradas, mas aqui o espaçõ me pareceu mais pessoal, gostei muito!
 
legal Saphira!! seja benvinda. bjos
 
Postar um comentário



<< Home

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger