04 janeiro 2006
  coluna gls
coluna publicada na Revista da Folha de 1/10/2005

Construindo estatísticas
[por Vange Leonel]

Dias atrás, na Califórnia, uma adolescente foi expulsa de uma escola católica, não por comportamento ou notas ruins, mas por ser filha de lésbicas. “Sua família não se enquadra nas normas de admissão”, foi a justificativa da escola, que exige que pelo menos um dos progenitores não se engaje em “práticas imorais e contrárias ao estilo de vida Cristão, como concubinato ou relacionamentos homossexuais”.

Imaginem se todas as escolas adotassem políticas discriminatórias barrando filhos de homossexuais: o que resultaria deste cenário hipotético?

De início, muitos pais e mães gays decidiriam ficar dentro do armário (e a sociedade continuaria a pensar que gays e lésbicas não “engendram” filhos).
Ainda assim, alguns deles poderiam se recusar a viver na invisibilidade. Mas, neste caso, onde matriculariam seus filhos? Se houvesse escolas especiais para filhos de gays, elas conseguiriam sobreviver numa sociedade hipoteticamente hiper homofóbica? Provavelmente, não. Filhos de gays ficariam sem estudar.

Se após 15 anos fizessem uma pesquisa sobre o nível educacional de filhos de homossexuais assumidos, o resultado, neste cenário hipotético, apontaria uma desigualdade: filhos de gays e lésbicas teriam maior déficit escolar.

Muitos interpretariam esses dados com acuidade, culpando a falta de acesso à escola pelo déficit. Outros, levianos, diriam que a estatística seria prova do efeito nocivo da homossexualidade sobre a educação. Claro, o cenário que descrevi é hipotético. Mas mostra como podem ser construídas e interpretadas as estatísticas.

© Folha de S.Paulo (todos os direitos reservados)
 
Comments:
Um magnífico ano de 2006, Vange!!
Eu não acredito muito em estatísticas e aqui você mais uma vez demonstra que elas não têm grande valor.
As mães lésbicas nunca deveriam ter colocado sua filha num colégio católico, pois estão a dar mais força (e dinheiro) a esses extremistas. Espero que agora tenham aprendido a lição e de uma vez por todas abram os olhos e vejam quem são esses ditos cristãos, que odeiam homossexuais e são altamente discriminatórios ao contrário do que propagam que Cristo fazia.
Black Bird
 
Postar um comentário



<< Home

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger