10 março 2010
  Leis Naturais no BBB?
confesso q escrevi essa coluna pensando no BBB. Aliás, há muitos anos venho comparando essas experiências de confinamento com estudos antropológicos sobre nossos companheiros primatas. Ontem o Bial, no discurso de eliminação, citou o antropólogo Richard Wrangham, q inspirou esta e outras colunas minhas. Taí pra vcs:

Leis Naturais

coluna GLS publicada na Revista da Folha em 7 de março de 2010

[por Vange Leonel]


Eles eram todos da mesma espécie e formavam uma grande família. Um dia, por acaso ou destino, uma grande corredeira dividiu a comunidade em duas. Um rio se formou e as tribos passaram a viver separadas por aquela extensão de água intransponível.

Muitos anos depois, os grupos, antes parecidos, foram se transformando. Na margem norte do rio, a turma "A" disputava a comida escassa entre si e também com alguns vizinhos corpulentos. Com o tempo, aprenderam que a lei do mais forte compensava. Enquanto isso, no lado sul do rio, a turma "B" encontrou só fartura: comida em abundância e ninguém truculento para ameaçá-la. Ninguém ali brigava por alimento. Por força da natureza e das circunstâncias, aprenderam que a lei da cooperação funcionava melhor para eles.

Essa é a história simplificada de como a evolução atuou de maneira diversa ao moldar nossos primos mais próximos: os agressivos chimpanzés (A) e os pacíficos bonobos (B). O antropólogo Richard Wrangham afirma, em "O Macho Demoníaco", que a escassez de alimento tornou a sociedade dos chimpanzés mais violenta e hierarquizada. Ao passo que a fartura teria promovido paz, harmonia e um certo igualitarismo entre os bonobos.

Enfim, crie um ambiente estressado, onde impere a carestia e o medo de eliminação, e a lei será a da força. Promova fartura e a lei que vai valer é a do prazer.


© Folha de S.Paulo
 
Comments: Postar um comentário



<< Home

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger