21 novembro 2008
  Triologia Americana
Minhas três colunas mais recentes na Revista da Folha foram escritas lá na gringa, entre NY e Washington DC, onde passei algumas semanas. Em ritmo de eleições.


Política na ponta da língua
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 02/11/2008

por Vange Leonel


De passagem por Washington, nos Estados Unidos, fui tragada pela febre televisiva do momento: a cobertura das eleições presidenciais e, especialmente, o "The Rachel Maddow Show". Maddow, aos 35 anos, é a primeira comentarista política do sexo feminino a apresentar seu próprio programa no horário nobre da televisão americana. Em ambiente dominado por analistas conservadores do sexo masculino, a liberal Maddow, destilando humor e inteligência, dobrou a audiência do canal a cabo MSNBC (concorrente principal do hiperconservador FOX News).

Não é só isso. Além de deixar explícito seu alinhamento político (como faz, aliás, grande parte da imprensa por aqui, seja republicana, seja democrata), a apresentadora assume pública e naturalmente sua homossexualidade e seu casamento de dez anos com a artista plástica Susan Mikula.

Graduada em ciência política e especialista em questões militares, Maddow logo percebeu ter talento para a comunicação. Começou apresentando um programa de rádio em 2005, fez aparições eventuais como comentarista política na TV e daí para conquistar seu próprio show foi um pulo. Na reta final da eleição, meus amigos aqui nos Estados Unidos estão viciados no programa de Maddow. Todas as noites, nos sentamos para assistir ao mix de comentários sagazes, humor sarcástico e entrevistas dessa apresentadora expressiva, com cara de moleque e mente brilhante...

© Folha de S.Paulo


Rachel Maddow


Casamento sem aspas
coluna GLS publicada na Revista da Folha em 19/10/2008

por Vange Leonel

Parceria doméstica ou união civil? Como chamar a união afetiva e estável entre duas pessoas do mesmo sexo? A oposição de setores religiosos é tão grande que se evitou, por muito tempo, usar a palavra "casamento". Assim, sob os mais variados nomes, leis contemplando uniões homossexuais vão sendo estabelecidas pelo mundo.

O problema é que esses contratos civis, apesar de garantirem uma série de direitos, não equivalem a um casamento heterossexual. Se entram em jogo direitos sucessórios, a coisa muda de figura. Como afirmou a desembargadora Maria Berenice Dias: "Quando o companheiro morre, o repasse dos bens a um homossexual continua complicado". A solução, a meu ver, seria legalizar de vez o casamento gay (sem aspas), como fizeram Espanha, Holanda, Bélgica, África do Sul, Canadá e Noruega.

Na Califórnia, uma decisão judicial liberou o casamento (sem aspas ou ressalvas, e com o mesmo status de um casamento heterossexual) para pessoas do mesmo sexo. Entretanto, a lei está ameaçada. A proposição número oito (que será votada pelos californianos na próxima eleição do dia 4) é uma emenda à constituição estadual decretando o fim do casamento gay. Campanhas contra e a favor estão nas ruas. Brad Pitt, Steven Spielberg e a Levi's doaram milhares de dólares em prol do casamento gay e contra a proposição.

Podemos até achar bobagem esse negócio de se casar. Mas o direito ao casamento deve ser garantido para quem quiser fazer uso dele.

© Folha de S.Paulo



Buquê sem flores
coluna GLS publicada na Revista da Folha em
16/11/2008

por Vange Leonel

NO ÚLTIMO dia 4, a população americana elegeu um novo presidente, Barack Obama, símbolo de renovação e esperança. No entanto, para boa parte dos eleitores californianos, a euforia pela vitória democrata veio acompanhada de uma grande decepção: a aprovação da Proposição 8, proibindo o casamento gay naquele Estado.

Dentro do território americano, somente Massachusetts e Connecticut permitem o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Contudo, a possível aprovação do casamento gay na Califórnia era considerada fundamental pelos ativistas devido ao tamanho e à influência do Estado no cenário norte-americano.

Quando a Suprema Corte californiana aprovou provisoriamente o casamento gay em junho, milhares de homossexuais correram aos tribunais para oficializar suas uniões. A comediante lésbica Ellen DeGeneres, o ator gay George Takei (o capitão Sulu de "Jornada nas Estrelas") e outros tantos anônimos que se casaram estão numa sinuca de bico: suas uniões permanecem legais ou não?

O procurador-geral do Estado, Jerry Brown, acredita que os casamentos realizados neste ano continuarão válidos, mas as pessoas devem esperar entraves jurídicos.

Como consolo, homossexuais californianos podem estabelecer parcerias domésticas, permitidas por lei. Mas esse tipo de contrato, vale lembrar, não possui o mesmo status de um casamento. Os que quiserem se casar terão de se contentar com migalhas.

© Folha de S.Paulo

Marcadores:

 
Comments:
eu sou a favor de proibir o casamento heterossexual. sério. beijos.
 
Oi Vange,
coloquei um post sobre você no meu blog. Se tiveres um tempinho, passa lá. Beijos

http://technobossa.blogspot.com
 
Chachá, acredito nisso! hehehe... saudades de vc, cara. beijo enorme.

Val, thanx pelo post, beijos!
 
Postar um comentário



<< Home

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

Cantora, compositora, colunista GLS e proto-escritora. Lésbica e feminista. Atualmente assina a coluna GLS da Revista da Folha no jornal Folha de S.Paulo e a coluna "Vange Leonel" no Mix Brasil.

mais informações:
BLOG Home
MySpace
Twitter


Vange Leonel

Criar seu atalho







ARQUIVOS
Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Junho 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Janeiro 2007 / Fevereiro 2007 / Março 2007 / Abril 2007 / Maio 2007 / Junho 2007 / Julho 2007 / Agosto 2007 / Setembro 2007 / Outubro 2007 / Novembro 2007 / Dezembro 2007 / Janeiro 2008 / Fevereiro 2008 / Março 2008 / Abril 2008 / Maio 2008 / Junho 2008 / Julho 2008 / Agosto 2008 / Setembro 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 / Janeiro 2009 / Fevereiro 2009 / Abril 2009 / Maio 2009 / Julho 2009 / Agosto 2009 / Fevereiro 2010 / Março 2010 / Abril 2010 / Setembro 2010 / Outubro 2010 / Novembro 2010 / Fevereiro 2011 /






LIVROS
Balada para as Meninas Perdidas
Grrrls - Garotas Iradas
As Sereias da Rive Gauche




MEMÓRIAS DE UMA MULHER MACACA
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 15
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19
Capítulo 20
Capítulo 21
Capítulo 22
Capítulo 23



CDs
Vermelho
Vange
NAU



TEATRO
As Sereias da Rive Gauche
Joana Evangelista



WEB
Mix Brasil
MOJO: Atrás do Porto...





Radio Liberdade
















BLOGS FAVORITOS
Cilmara
VAE
Marcia
Elisa
Pedro






Creative Commons License
Reproduçõees do conteúdo deste blog só serão permitidas se estiverem de acordo com as regras estabelecidas pela Creative Commons Attribution-NonCommercial 2.5 License.

Os textos da Coluna GLS, têm copyright da Folha de S.Paulo e só poderão ser reproduzidos sob permissão da empresa.




Powered by Blogger